Crimes virtuais dão mais prejuízo do que crimes físicos

18/02/2011 14:07

Pela primeira vez os crimes virtuais, aqueles cometidos pela internet, renderam mais aos bandidos do que os roubos a mão armada. Qualquer pessoa que acessa o computador pode virar uma vítima dos golpistas.

Para contribuir com a proteção contra esses ataques, o especialista em segurança da Site Blindado, Bernardo Carneiro, preparou algumas dicas de segurança para o e-consumidor navegar de forma segura e comprar sem problemas na internet.

1) Verifique se a loja possui alguma certificação de segurança;

2) Em telas que solicitam informações confidenciais, inclusive telas de pagamento, cheque se o endereço no browser foi alterado para HTTPS e se o cadeado do browser foi ativado;

3) Utilize computadores confiáveis;

4) Manter o antivírus atualizado;

5) Abra somente emails de pessoas conhecidas, não clique em links de ofertas ou promessas;

6) Use senhas difíceis de serem descobertas (mais de 8 caracteres, letras e números);

7) Não forneça dados pessoais em sites de relacionamento ou mídia social;

8) Cheque a reputação da loja virtual nos comparadores e shoppings virtuais;

9) Acesse os sites de opinião como o Reclame Aqui para checar como está a avaliação da marca na web.

*Bernardo Carneiro é Diretor Executivo da Site Blindado S/A.

consumidormoderno.uol.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=3292:crimes-virtuais-dao-mais-prejuizo-do-que-crimes-fisicos&catid=125:tendencia&Itemid=165

Fonte e créditos: Consumidor Moderno

Atenção: Grande parte do conteúdo divulgado no Blog é oriundo do trabalho realizado pelas Assessorias de imprensa, Marketing, Publicidade e outras áreas das companhias/instituições/associações e afins. Em respeito e direito aos trabalhos, ideias, conteúdos e idealizadores, todo o conteúdo recebido é divulgado na íntegra, ou seja, sem alterações. Em respeito ao desejo do autor e idealizadores, os conteúdos divulgados aqui podem ser excluídos. Para isso, é necessário a formalização do pedido com as informações necessárias de identificação, através do e-mail blogdocallcenter@uol.com.br  O mesmo vale para conteúdos que foram compartilhados de sites/Blog´s, onde sempre cito a fonte, concedo os créditos e divulgo o link de origem da extração da matéria. Caso o autor/idealizador discorde do compartilhamento aqui no Blog, basta formalizar sua solicitação com as informações necessárias, através do e-mail blogdocallcenter@uol.com.br  O Blog do Call Center também não possui nenhuma responsabilidade sobre a veracidade das informações, cabendo ao discordante, entrar em contato diretamente com o responsável pelo artigo/notícia, através do link informado na matéria/artigo/notícia.

Contato

Blog do Call Center São Paulo - SP - Brasil contato@blogdocallcenter.com.br