Eletrobras reduz tempo de atendimento com terminais de autosserviço

05/02/2011 10:13

Decidida a não medir esforços para cumprir a resolução normativa da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), baixada em setembro do ano passado, a qual estabelece que, a partir de março, as distribuidoras de energia devem dispor de postos de atendimento presencial ao consumidor nos municípios em que atuam e que o tempo de atendimento não pode superar 45 minutos, a Eletrobras decidiu realizar um amplo projeto de modernização tecnológica de seus postos, com a instalação de 50 unidades de terminais de autosserviço (TAS) nos seis estados onde atua.

O projeto começou em 2009, quando a companhia elétrica fez um estudo, que culminou com a realização de uma prova de conceito, envolvendo a instalação de um terminal de autoatendimento na agência central de Porto Velho, em Rondônia, e outro na agência de Maceió, em Alagoas. "Na época, perto de 28% do atendimento era presencial, feito com auxílio de atendentes", conta Jorge Alexandre Lencini, assistente administrativo especialista e coordenador do Projeto TAS da Eletrobras Distribuição.

O estudo apontou que na agência de Porto Velho, por exemplo, considerando o tempo médio de espera mais o tempo médio de atendimento, o consumidor demorava cerca de 27 minutos para ser atendido. "Com base nisso, a companhia decidiu que era preciso modernizar e tornar mais ágil o atendimento."

Para adquirir os terminais, a Eletrobras realizou um pregão, do qual saiu vencedora a Schalter, fabricante de produtos eletrônicos, soluções integradas de automação comercial, bancária, industrial e de informática, com um lance de R$ 7.276,78 por terminal, o que totaliza cerca de R$ 364 mil. "A opção pelos terminais da empresa é que, além de funcionarem com sistemas criados especificamente para as nossas necessidades, conseguimos um preço de cerca da metade do custo médio de um terminal no mercado", diz Lencini.

O coordenador do projeto explica que a instalação dos terminais vem sendo realizada por etapas. Eles serão implantados nas cerca de 40 agências que a Eletrobras tem espalhadas pelos estados Rondônia, Amazonas, Alagoas, Piauí, Acre e Roraima. "Definimos com a Schalter que a entrega dos lotes seria feita nos prazos de 30, 60, 90 e 120 dias", explica.

Lencini diz que, recentemente, foram instalados mais seis terminais, sendo dois em Boa Vista, um em Manaus, um em Teresina, mais um em Maceió e um em Rio Branco. Segundo ele, os benefícios já puderam ser percebidos. A agência de Porto Velho, por exemplo, encerrou 2010 com 40,23% de todos os atendimentos feitos por um único terminal de autosserviço, sendo que o atendimento ao consumidor caiu dos 27 minutos para menos de 1 minuto, afirma.

O executivo conta que, do total de atendimentos feitos em Porto Velho, 60.212 referiam-se à emissão de segunda via da conta de consumo de energia. "Durante a prova de conceito já havíamos constatado que a emissão de segunda via de contas era o serviço mais requisitado, tanto por meio da internet quanto no atendimento presencial", diz, ao explicar que isso levou a decisão começar o autoatendimento com o módulo de emissão de segunda via, concebido internamente. Agora, adianta Lencini, quando terá início a segunda etapa do projeto, será desenvolvido um sistema TAS definitivo com mais recursos. "Nessa nova fase, além da consulta e impressão simples da segunda via, pretendemos incorporar a parte de transferência eletrônica de fundos (TEF), o parcelamento de débitos, entre outras funcionalidades." Ainda sem data para começar, nessa etapa também será realizado um novo pregão para a compra de mais terminais, antecipa ele, que calcula que o projeto ainda deve levar mais uns dois anos para ser totalmente concluído.

www.tiinside.com.br/04/02/2011/eletrobras-reduz-tempo-de-atendimento-com-terminais-de-autosservico/ti/212956/news.aspx

Fonte e créditos: TI Inside

Atenção: Grande parte do conteúdo divulgado no Blog é oriundo do trabalho realizado pelas Assessorias de imprensa, Marketing, Publicidade e outras áreas das companhias/instituições/associações e afins. Em respeito e direito aos trabalhos, ideias, conteúdos e idealizadores, todo o conteúdo recebido é divulgado na íntegra, ou seja, sem alterações. Em respeito ao desejo do autor e idealizadores, os conteúdos divulgados aqui podem ser excluídos. Para isso, é necessário a formalização do pedido com as informações necessárias de identificação, através do e-mail blogdocallcenter@uol.com.br  O mesmo vale para conteúdos que foram compartilhados de sites/Blog´s, onde sempre cito a fonte, concedo os créditos e divulgo o link de origem da extração da matéria. Caso o autor/idealizador discorde do compartilhamento aqui no Blog, basta formalizar sua solicitação com as informações necessárias, através do e-mail blogdocallcenter@uol.com.br 

Contato

Blog do Call Center São Paulo - SP - Brasil contato@blogdocallcenter.com.br