Pão quentinho na vending machine

09/03/2011 18:42

Pelo visto esse é um assunto inesgotável. Depois das vending machines de sapatilhas femininas, bicicletas, jeans e até caranguejos vivos (na China), aparecem pela França (onde mais?) as máquinas automáticas de pão. Assim como a de refrigerante, basta inserir a moeda, apertar o botão da opção e esperar o pão descer quentinho pela rampa (esse aquecimento leva cerca de um minuto).

Quem destacou a novidade foi o famoso chef David Lebovitz, que tratou de escrever sobre ela no seu blog. A grande vantagem da máquina é a possibilidade de se conseguir pão quentinho a qualquer hora do dia – mesmo se o desejo bater lá pelas 3 da manhã. Lebovitz se disse um “pouco” surpreso por estas máquinas serem tão populares pelo país, principalmente por ser conhecido mundialmente como o país do pão.

“Impressionado por ver uma generosa seleção de pães congelados” escreveu ele, já que os pães são mantidos assim nas máquinas até serem selecionados e cozidos na hora. Uma das explicações para o sucesso delas é que para os franceses que residem fora dos grandes centros, encontrar pão fresco não é uma tarefa tão fácil.

Ele mesmo admitiu que recorreria às máquinas se precisasse de pão nos dois dias da semana em que as padarias, por lei, não abrem. Mesmo afirmando que não comentaria sobre a textura e gosto do “pão de máquina”, Lebovitz diz que ela pode muito bem tirar mercado das padarias. Quando se deparou com uma delas, gravou o vídeo abaixo .

Fonte e créditos: NOVAREJO

Atenção: Grande parte do conteúdo divulgado no Blog é oriundo do trabalho realizado pelas Assessorias de imprensa, Marketing, Publicidade e outras áreas das companhias/instituições/associações e afins. Em respeito e direito aos trabalhos, ideias, conteúdos e idealizadores, todo o conteúdo recebido é divulgado na íntegra, ou seja, sem alterações. Em respeito ao desejo do autor e idealizadores, os conteúdos divulgados aqui podem ser excluídos. Para isso, é necessário a formalização do pedido com as informações necessárias de identificação, através do e-mail blogdocallcenter@uol.com.br  O mesmo vale para conteúdos que foram compartilhados de sites/Blog´s, onde sempre cito a fonte, concedo os créditos e divulgo o link de origem da extração da matéria. Caso o autor/idealizador discorde do compartilhamento aqui no Blog, basta formalizar sua solicitação com as informações necessárias, através do e-mail blogdocallcenter@uol.com.br 

Contato

Blog do Call Center São Paulo - SP - Brasil contato@blogdocallcenter.com.br