Empresa de call center vai oferecer 2,7 mil postos de trabalho em JF

22/06/2011 17:23

21/6/2011 18:47,  Por Acessa

Aline Furtado - Repórter

 

Foi anunciada, durante entrevista coletiva realizada nesta terça-feira, 21 de junho, a vinda de uma empresa italiana do setor de tecnologia, AlmavivA, para Juiz de Fora, onde instalará uma sede de call center, gerando 2,7 mil empregos.

Com início das operações previsto para o mês de agosto, os investimentos na cidade devem chegar, até o final de 2011, a R$ 11 milhões. Com a unidade local, que será instalada na rua Bernardo Mascarenhas, 1.470, no bairro Fábrica, esta será a quinta no Brasil, já que uma está instalada em Belo Horizonte e outras três em São Paulo. Criada na Itália, a AlmavivA está no Brasil há cinco anos, onde oferece, atualmente, 11 mil empregos.

“Estamos apostando em Juiz de Fora para o desenvolvimento de um call center inovador. Pretendemos investir na formação interna dos nossos colaboradores e na possibilidade crescimento, com isso, teremos garantida a qualidade no atendimento”, aponta o presidente da AlmavivA, Giulio Salomone. Ele explica que a empresa é considerada o único contact center 3.0 por apostar na plataforma tecnológica, a fim de que haja resposta adequada e mais rápida ao cliente.

JF registra em maio 708 demissões a mais do que no mês de abrilTransportadora de empresa nacional de cosméticos chega a Juiz de Fora e gera 50 empregos

A previsão é que os treinamentos sejam iniciados no dia 15 de julho, quando os 400 primeiros selecionados já estejam contratados. Até o final de agosto, 1,2 milfuncionários devem estar operando. A expectativa é que o início daoperação ocorra no dia 8 de agosto. Entre os clientes atendidos pela AlmavivA estão empresas do ramo de telefonia, bancos, companhias aéreas e grandes prestadoras de serviços.

Como forma de atrair a empresa, a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) concedeu redução de 5% para 2% da alíquota de ISSQN, conforme a Lei 12.201, de 30 de dezembro de 2010. “A AlmavivA, juntamente com outra empresa de call center que retomou suas atividades na cidade recentemente, deverá injetar na economia local, em um ano, R$ 50 milhões”, afirma o prefeito de Juiz de Fora, Custódio Mattos. “Além disso, a chegada é muito positiva porque iremos alavancar o mercado por meio da criação de empregos e da geração de renda. Esta é, ainda, uma forma de potencializar as virtudes da cidade, com criação de empregos indiretos.”

Seleção

As inscrições e a entrega decurrículo poderão ser feitas entre os dias 1º e 3 de julho, em postos a serem divulgados na próximasemana. Além disso, quem tiver interesse, pode efetuar a inscrição pode meio do site da empresa. Para concorrer a uma vaga é preciso ter concluído o ensino médio ou estar cursando o último ano do mesmo.

A empresa oferece R$ 545 de salário, mais um acréscimo que pode chegar a R$ 200, podendo variar conforme a qualidade do serviço apresentada. Comobenefícios, a AlmavivA fornecerá assistência médica e odontológica,auxílio creche, seguro de vida, transporte e restaurante. Além disso, éintenção da direção do call center instalar uma faculdade corporativa. Os colaboradores tambémterão acesso gratuito à internet. A carga horária é de 6h20, com meiahora de almoço e dez minutos de descanso, com funcionamento em seis dias da semana.

Outras possibilidades

Salomone sinaliza para a possibilidade de trazer, no futuro, outras tecnologias, que hoje são desenvolvidas na Itália e nas sedes de Belo Horizonte e de São Paulo, para a cidade. “Já sabemos do polo estudantil que é Juiz de Fora. Com isso, podemos investir cada vez mais, como em desenvolvimento de tecnologias para ferrovias e centros de pesquisas. Será uma oportunidade de emprego para as pessoas que estão concluindo os estudos.”

 

correiodobrasil.com.br/empresa-de-call-center-vai-oferecer-27-mil-postos-de-trabalho-em-jf/257832/

Fonte e créditos: Correio do Brasil

Atenção: Grande parte do conteúdo divulgado no Blog é oriundo do trabalho realizado pelas Assessorias de imprensa, Marketing, Publicidade e outras áreas das companhias/instituições/associações e afins. Em respeito e direito aos trabalhos, ideias, conteúdos e idealizadores, todo o conteúdo recebido é divulgado na íntegra, ou seja, sem alterações. Em respeito ao desejo do autor e idealizadores, os conteúdos divulgados aqui podem ser excluídos. Para isso, é necessário a formalização do pedido com as informações necessárias de identificação, através do e-mail blogdocallcenter@uol.com.br  O mesmo vale para conteúdos que foram compartilhados de sites/Blog´s, onde sempre cito a fonte, concedo os créditos e divulgo o link de origem da extração da matéria. Caso o autor/idealizador discorde do compartilhamento aqui no Blog, basta formalizar sua solicitação com as informações necessárias, através do e-mail blogdocallcenter@uol.com.br  O Blog do Call Center também não possui nenhuma responsabilidade sobre a veracidade das informações, cabendo ao discordante, entrar em contato diretamente com o responsável pelo artigo/notícia, através do link informado na matéria/artigo/notícia.

Contato

Blog do Call Center São Paulo - SP - Brasil contato@blogdocallcenter.com.br