Procon-SP fiscaliza itens de festa junina

18/06/2011 10:53

A Fundação Procon-SP autuou 22 estabelecimentos do comércio varejistas da capital durante a operação Festa Junina. A fiscalização, que ocorreu de 6 a 10 de junho, visitou 172 estabelecimentos e teve como objetivo coibir ações irregulares e desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor.

Ao todo, foram constatadas 22 irregularidades, lembrando que o mesmo estabelecimento pode ter apresentado mais de uma situação irregular. A
principal irregularidade encontrada foi a falta ou inadequação na informação de preços, com dez irregularidades.

As demais irregularidades constatadas foram: produtos com prazo de validade vencido (cinco irregularidades); não disponibilização de exemplar do Código de Defesa do Consumidor (três); imposição de valor mínimo para aceitar pagamento com cartão de crédito (duas) e não concessão de desconto para pagamento à vista com cartão de crédito (duas).

Os fornecedores irão responder processo administrativo, assegurada ampla defesa, podendo ao final deste ser multados, com base no artigo 57 da Lei 8.078/90 (Código de Defesa do Consumidor).

Núcleos Regionais

Os núcleos regionais da Fundação Procon-SP de Presidente Prudente, Santos, São José dos Campos e Sorocaba também fiscalizaram o comércio das respectivas regiões a fim de verificar o cumprimento da legislação.

A equipe de Presidente Prudente autuou 22 lojas das 26 que foram verificadas nos municípios de Osvaldo Cruz, Presidente Prudente, Rancharia
e Regente Feijó. Prazo de validade vencido foi o problema mais encontrado pelos fiscais.

O núcleo de Santos autuou 13 estabelecimentos de um total de 31 visitados. Os fiscais, que visitaram as cidades de Cubatão, Guarujá, Praia Grande, Santos e São Vicente, encontraram como principal irregularidade a venda de produtos com prazo de validade vencido.

O núcleo de São José dos Campos, que fiscalizou os municípios de São José dos Campos, Guaratinguetá, Lorena, Cruzeiro, visitou 36 estabelecimentos e, destes, autuou 14. O principal problema constatado foi a falta ou inadequação na informação de preços.

A regional de Sorocaba visitou 36 empresas durante a operação realizada em Ibiúna, Itapetininga, Salto, Sorocaba e Votorantin. Foram autuados nove fornecedores e o principal problema foi a falta ou inadequação na informação de preço.

As equipes dos Procons municipais de Presidente Prudente, Praia Grande e São Vicente, São José dos Campos e Votorantin participaram da operação em suas respectivas cidades.

Ação conjunta

Fiscais do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP) e do Procon analisaram produtos em conjunto nos laboratórios do Ipem da capital, Campinas, Presidente Prudente e São José dos Campos.

Nas embalagens dos produtos verificados pela equipe do Procon não foram encontradas irregularidades. Veja mais informações sobre o resultado da operação do Ipem no site www.ipem.sp.gov.br
 

Canais de atendimento da Fundação Procon-SP :

Pessoal, das 7h00 às 19h00, de segunda à sexta-feira, e sábado, das 7h00 às 13h00, que ficam nos postos dos Poupatempo Sé, Santo Amaro e Itaquera. Nos postos dos Centros de Integração da Cidadania (CIC), de segunda à quinta-feira, das 09h00 às 15h00.
Orientações por telefone no número 151.
Por fax ao telefone (11) 3824-0717.
Por cartas Caixa Postal 3050, CEP 01031-970, São Paulo-SP.
O consumidor também pode procurar o órgão de defesa do consumidor de seu
município.
O site do Procon-SP é o www.procon.sp.gov.br


17/06/2011
Assessoria de imprensa
Procon-SP
3824-6967/ 7278/ 7279

Atenção: Grande parte do conteúdo divulgado no Blog é oriundo do trabalho realizado pelas Assessorias de imprensa, Marketing, Publicidade e outras áreas das companhias/instituições/associações e afins. Em respeito e direito aos trabalhos, ideias, conteúdos e idealizadores, todo o conteúdo recebido é divulgado na íntegra, ou seja, sem alterações. Em respeito ao desejo do autor e idealizadores, os conteúdos divulgados aqui podem ser excluídos. Para isso, é necessário a formalização do pedido com as informações necessárias de identificação, através do e-mail blogdocallcenter@uol.com.br  O mesmo vale para conteúdos que foram compartilhados de sites/Blog´s, onde sempre cito a fonte, concedo os créditos e divulgo o link de origem da extração da matéria. Caso o autor/idealizador discorde do compartilhamento aqui no Blog, basta formalizar sua solicitação com as informações necessárias, através do e-mail blogdocallcenter@uol.com.br  O Blog do Call Center também não possui nenhuma responsabilidade sobre a veracidade das informações, cabendo ao discordante, entrar em contato diretamente com o responsável pelo artigo/notícia, através do link informado na matéria/artigo/notícia.

Contato

Blog do Call Center São Paulo - SP - Brasil contato@blogdocallcenter.com.br