Site mede quão sustentáveis são os hábitos de consumo

23/07/2011 19:22

O site Clima e Consumo ajuda quem quer mudar seus hábitos de consumo e adotar uma atitude sustentável. A página faz o cálculo de quanto a pessoa consome itens que podem, de alguma forma, causar danos ao planeta, como lixo e elementos que emitem gases tóxicos.

O cálculo pode ser feito individualmente ou baseado no consumo familiar. A medição é realizada baseada nos meios de transporte utilizados, quantidade de energia elétrica e gás de cozinha consumidos. No fim do teste, o usuário recebe o resultado de seus hábitos de consumo e dicas para diminuir atitudes prejudiciais ao meio ambiente.

Para simular a redução, são feitas perguntas sobre quanto o internauta está disposto a reduzir o uso de veículos da casa, viagens de avião. Também questiona quais mudanças poderiam ser feitas para tornar o uso da eletricidade mais eficiente em casa, como instalar as mudanças de hábito que o usuários se dispõe a ter, como separar o lixo e diminuir a quantidade de carne bovina ingerida.

No final de todo o processo, é possível visualizar o resultado de quanto foi reduzido, utilizando como parâmetro um carro parado no congestionamento e a quantidade de dias que a emissão de gases desse carro, equivalendo isso ao gasto anual da pessoa.

Apesar da validade do site como parâmetro para a adoção de uma rotina mais sustentável, a página possui parâmetros que não incluem animais de estimação, por exemplo, na contagem de habitantes da casa. Isso torna a medição menos eficiente, pois os bichos também produzem resíduos sólidos que vão para o lixo ou esgoto e consomem energia.

A seguir, algumas dicas do site para reduzir o consumo de energia:

RESÍDUOS SÓLIDOS
*  Evite o desperdício de alimentos. Planeje bem as compras no supermercado e na feira
*  Que tal adquirir frutas e verduras numa feira de produtores locais de orgânicos, ou por meio de cooperativas que entregam em casa?
*  Diminua o uso de produtos de higiene e limpeza convencionais, assim você reduz o nível de poluentes presentes na água e no tratamento do esgoto.
*  Você também pode optar por produtos concentrados. Eles requerem menos embalagem e transporte; consequentemente, emitem menos CO2.

MOBILIDADE
*  Faça as contas: ir a pé, de bibicleta, usar transporte coletivo ou táxi é mais barato e polui menos do que ter um automóvel
*  Procure evitar grandes deslocamentos: se fizer suas compras no comércio local de seu bairro, por exemplo, você evitará emissões e incentivará o desenvolvimento local
*  Pratique e incentive a carona solidária! organize-se com sua família, amigos e colegas de trabalho. Pelo www.caronasolidaria.com e pelo https://caronetas.com.br, é possível compartilhar o veículo até com desconhecidos.

USO DE ENERGIA
*  A iluminação natural é mais eficiente, saudável e barata!
*  Substitua lâmpadas incandescentes pelas lâmpadas econômicas: elas geram a mesma luminosidade, duram mais e você ainda pode poupar até 80% de energia
*  Os equipamentos consomem energia no modo stand-by e podem chegar a 15% da conta de uma residência. Por isso, desligue-os da tomada.
*  Reduzir o tempo no banho poupa água e o consumo de eletricidade
*  Revise suas torneiras: uma torneira pingando a cada cinco segundos, em um dia, representa vinte litros de água desperdiçada!
*  Verifique as borrachas de vedação da geladeira e do forno, colocando uma folha de papel entre elas e a porta. Se a folha cair, significa que você pode estar desperdiçando energia e gás. Melhor providenciar a troca!
*  Ligue a máquina de lavar roupa e louça apenas com a carga máxima: você poupa água, energia, sabão e tempo!
*  Configure seu computador para que se desligue automaticamente depois de determinado período sem uso.  

CONSUMO DE MADEIRA E CARNE
*  Ao comprar carne, informe-se sobre a origem e cobre a carne legal. Se não souberem te informar, pergunte quando saberão. É uma forma de pressioná-los a garantir produtos que não tenham sido produzidos em áreas de desmatamento.
*  Informe-se sobre a origem e o destino de tudo que consome. Consumir produtos feitos com métodos sustentáveis ajuda a cadeia produtiva a ser mais responsável e minimiza os impactos no meio ambiente
*  Conheça a campanha Carne Legal
*  Participe da campanha Segunda sem Carne

USO DO SOLO - COMBATA AS ENCHENTES!
*  Plante uma árvore na sua calçada ou quintal. Quando a cidade tem mais verde, mais sombra e menos área impermeabilizada, menos enchentes haverá. Mas antes, consulte o Manual de Arborização da Prefeitura de São Paulo: https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/publicacoes_svma/index.php?p=3789
*  Tendo vegetação na sua calçada, você também garante temperaturas mais amenas, até mesmo dentro da sua casa! Especialmente se forem árvores com boa sombra.
*  Se possível, tenha uma calçada permeável à chuva, com canteiros ou material próprio para drenagem. Veja algumas opções no site da prefeitura. https://ww2.prefeitura.sp.gov.br/passeiolivre/
*  Tendo vegetação na sua calçada, você também garante temperaturas mais amenas, até mesmo dentro da sua casa! Especialmente se forem árvores com boa sombra.

 

www.conarec.com.br/conarec-news/site-mede-qu-o-sustentaveis-s-o-os-habitos-de-consumo.html

Fonte e créditos: CONAREC

Atenção: Grande parte do conteúdo divulgado no Blog é oriundo do trabalho realizado pelas Assessorias de imprensa, Marketing, Publicidade e outras áreas das companhias/instituições/associações e afins. Em respeito e direito aos trabalhos, ideias, conteúdos e idealizadores, todo o conteúdo recebido é divulgado na íntegra, ou seja, sem alterações. Em respeito ao desejo do autor e idealizadores, os conteúdos divulgados aqui podem ser excluídos. Para isso, é necessário a formalização do pedido com as informações necessárias de identificação, através do e-mail blogdocallcenter@uol.com.br  O mesmo vale para conteúdos que foram compartilhados de sites/Blog´s, onde sempre cito a fonte, concedo os créditos e divulgo o link de origem da extração da matéria. Caso o autor/idealizador discorde do compartilhamento aqui no Blog, basta formalizar sua solicitação com as informações necessárias, através do e-mail blogdocallcenter@uol.com.br  O Blog do Call Center também não possui nenhuma responsabilidade sobre a veracidade das informações, cabendo ao discordante, entrar em contato diretamente com o responsável pelo artigo/notícia, através do link informado na matéria/artigo/notícia.

Contato

Blog do Call Center São Paulo - SP - Brasil contato@blogdocallcenter.com.br